quinta-feira, 22 de maio de 2008

História sem fim!

O Norte de Portugal é um livro aberto para aqueles que querem saber o que é Portugal.

Mas é um daqueles livros mágicos onde cada um pode ler a história que bem quiser. Basta olhar para a página, pensar numa época distante e de repente surgem lendas, hábitos, tradições e saberes diferentes.

Se outra pessoa olhar para a mesma página verá outra coisa. Tudo depende dos seus gostos, do seu estado de espírito e da sua alma.

As cidades do Norte não se incluem numa classe nem vendem uma época específica como parecem o fazer outras cidades do país.

O Norte tem a história toda escrita na pedra e nas gentes.

Olhem para uma cidade do Norte e vejam a história da perspectiva que quiserem.

Escolhemos por ex. a cidade de Viana!

Viana é atlântica. Viana é folclore (...), Viana é o mar, são as flores, a serra d'Arga, o rio Lima e tudo o que mais quiserem.

Esta é a Viana que todos conhecem e imaginam...

Porém, podem ver Viana com outros olhos...



Os meus um dia viram Viana da mesma forma como olho para Guimarães. Senti o centro histórico como um texto lírico medieval.

Viana e as cidades do Norte podem ser tudo o que quiserem pois foram ao longo da sua história Castrejas, Galaicas, Galegas, Portucalenses, Portuguesas e serão o que Deus quiser!

Como disse o tal: " Se poderes olhar, vê. Se vires, observa"

4 comentários:

Zagas disse...

"Viana e as cidades do Norte podem ser tudo o que quiserem pois foram ao longo da sua história Castrejas, Galaicas, Galegas, Portucalenses, Portuguesas e serão o que Deus quiser!"

No futuro a não ser que aconteça um grande mas grande milagre, não serão certamente Galaicas (ou Galaico-Portucalenses se preferirem).
Serão iguais às cidades multiraciais Brasileiras e Americanas, serão cidades multiraciais sem identidade Galaica (essa ja tera sido extinta com o passar das gerações). Os Galaicos serão como os Dinossauros, algo que desapareceu, extinguiu-se e apenas podemos ler, ver fotos, ver museus, etc. Pode ser que depois até façam um museu de cera das etnias europeias em que incluam o povo Galaico.

Dos povos etno-suicidas, etno-masoquistas, restará apenas a história, uma breve lembrança de que existiram.

Zagas disse...

""História sem fim!"

Neste caso a nossa história vai ter um fim ;)

O Galaico disse...

Caro Zagas,

Acho sinceramente que a sua perspectiva das coisas é negativa de mais.

Previsões apocalípticas não é algo de saudável.

Até as maiores capitais mundiais que são completamente multi culturais guardam sempre alguma da sua genuinidade e especificidade. Portanto, não é a nossa modesta região que vai ser diferente.

Aliás, os imigrantes até trazem por vezes coisas positivas. Concordando que a imigração é a prova que algo está mal tanto na nossa casa como na deles, penso que mesmo eles tem vindo a fugir desta região em depressão económica.

Assim, pode dormir descansado que amanhã a sua terra continuará sua.

kuklas disse...

gostei muito do texto, no entando, temo corrigi lo :) serra d'arga nao sera viana..mas sim caminha.. :P