quarta-feira, 28 de maio de 2008

Não há quem nos salve...

O meu web site favorito é: http://www.panoramio.com/

Através dele visitamos o Google Earth e observamos fotografias tiradas pelos Users que as colocam no mapa.

A interactividade é divertidíssima e as potencialidades enormes. Esta é uma maneira de fazer turismo enterrado nos cobertores da cama.

Toda a aldeia mais modesta e anónima está agora acessível a cores e quase ao vivo ao mundo inteiro.

Estava bem disposto navegando pelo Minho digital através de fibra óptica, cobre e sinais analógicos quando me deparei com um utilizador do panorâmio chamado: Luis Boleo

As suas fotos de inúmeras cidades Portuguesas datam de 1969.

Assim, para todos os cépticos ou corações de pedra que não prestaram atenção a um post anterior que onde eu avisava para a aniquilação brutal e profundamente imoral do Minho segue esta pequena comparação:

Braga do Bom jesus em 1969:


Braga do Bom Jesus actualmente:

Cidade sem fim. A favela subiu ao santuário e os olhos perdem-se no urbanismo quando costumavam deleitar-se nos carvalhais e férteis prados.

Quem são os mercenários imorais que vendem as terras dos seus antepassados para poderem viver na luxúria às costas de centenas de anos de suor?

Quem são estes abutres que cobrem de betão umas das mais naturalmente ricas terras da Europa? Estes que permitem que se façam milhares de gaiolas a que chamam casas, desintegrando para sempre a natureza daquele espaço para nada?

Ousam desperdiçar o património desta forma? Num mercado imobiliário onde metade dos apartamentos estão vazios e outro quarto já está a apodrecer de velho! Apodrecem mais rápido do que as centenárias quintas que assombram os últimos campos entre 2 prédios pré-fabricados. Apodrecem rápido porque podre é a moral capitalista que os pariu.

A eles e a quem ganha com eles.

Tenho pesadelos onde acordo debaixo de uma cidade como se estivesse a nadar por baixo de um glaciar. Acordei a suar, querendo respirar e não consigo!

Parece que a terra sofre através de mim!

1 comentário:

Galaico2 disse...

Foto fantástica.

Como era especial essa vista panorâmica do Bom Jesus!

Em 4 decadas tudo se transformou...

O ritmo de mudança é cada vez mais asselarado, estando as nossa queridas aldeias ameaçadas!

Deuses do Minho abençoem as nossas terras para que não se gastem nestes tempos de desapego e mutilação!